sexta-feira, 19 de novembro de 2010

No, je ne regrette rien


Inicio é sempre início...uau
Idéia? Expressão? Comunicação? Vem tudo de uma vez, para ser dito. tempestade de idéias...no meio de intervalos em branco...
Vamos lá!

Percepções do espaço.
A vista é a mesma, um horário incomum, cedo demais para mim. O sono que foi embora, o dia que se abre, simultaneamente a luz se altera, as sombras, a água, os reflexos... tudo depende do olhar...da capacidade de saber que naquele momento os olhos do espírito devem estar abertos para saber que naquele lugar, logo ali, tudo se alterou...um marco, onde tudo começou a "remudar"

Ver





Um comentário:

  1. Fá, estas fotos estão lindas, vc tem uma sensibilidade incrível.

    ResponderExcluir